segunda-feira, 5 de maio de 2014

O ESSENCIAL DA ARQUITETURA

Deixe um comentário
Foto: Professor Anibal Verri
Quando o assunto é arquitetura, Marcos Bertoldi é sumidade,Sem medo de ousar o arquiteto curitibano combina novas técnicas com materiais inusitados o que resulta projetos muito autorais. Esta ousadia lhe rendeu figurar na lista dos 100+ arquitetos do mundo segundo a revista americana Architectural Digest.

De volta ao Chez Moi! desta vez com a obra projetada no Bairro do Cabral, a residência de 1750m² e cinco andares só teve um único pedido do morador, espaços amplos para abrigar as inúmeras obras de arte, para isto o arquiteto pensou em uma construção de linhas retas, elemento tão decorrente em suas obras. Como material de base, elegeu o concreto armado. “Minha pretensão foi resgatar as casas de concreto na cidade, que estiveram em alta nos anos 1970 e acabaram sumindo de Curitiba" conta Bertoldi.


Foto: Bertoldi Arquitetura
A galeria reúne obras de Lilian Gassen, Efraim Almeida e Paolo Ridolfi.
No estar tem mesa de centro Chipre Center, do Estudiobola, na É Mobiliário Brasileiro, poltrona Diz, de Sergio Rodrigues, na Decormade, e par de poltronas Alta, de Oscar e Anna Maria Niemeyer, na Teperman.
A poltrona FDC1, de Flávio de Carvalho, e os bancos Vice-Versa, de Julia Krantz, ambos na É Mobiliário Brasileiro, além da escultura de madeira de Isaque Pinheiro, na Galeria Ybakatu.
O lounge anexo à piscina recebeu cadeiras LC7 e poltronas LC3, de Le Corbusier, Jeanneret e Perriand, da Cassina, cadeiras de Harry Bertoia e uma Eames Lounge Chair.
A sala de almoço tem mesa de Le Corbusier, da Cassina e cadeiras Quinta, de Mario Botta, da Alias.

A piscina, que tem mosaico de Paolo Ridolfi com pastilhas da Vidrotil, além de espreguiçadeiras de Zanini de Zanine feitas especialmente para a casa.


O quarto do morador, com luminária Tolomeo, de Giancarlo Fassina e Michele De Lucchi para a Artemide, na É Iluminação, e cama Nathalie, de Vico Magistretti para a Flou.



Incrível, Bertoldi é prata de casa! mais informações acesse.

Dúvidas, sugestões de matérias, críticas mande um e-mail para marinho.adelino@gmail.com

0 comentários: