segunda-feira, 25 de agosto de 2014

MOSTRA ROMANZZA | CURITIBA

Deixe um comentário

A Romanzza, empresa que atua na fabricação de móveis planejados e estofados, chega à capital paranaense em grande estilo. Com fábrica em Flores da Cunha (RS), a marca atua desde 1988 e está presente em dez estados brasileiros com mais de 50 lojas. Trata-se da única loja de móveis planejados a contar com uma declaração de compromisso de satisfação do cliente reconhecida em cartório. No dia 21 de agosto, abriu as portas na Avenida Visconde de Guarapuava, no Batel, com espaços assinados por 15 profissionais de arquitetura e design na 1ª Mostra Romanzza Curitiba. 

Rogério Cavanellas, gerente da Romanzza curitiba e os arquitetos Adelino Marinho Neto e  Lis Dias 
Ainda em agosto, participa também da Casa Cor Paraná 2014. Conheça os ambientes da 1ª Mostra Romanzza Curitiba:


LOFT DO DESIGN – por Fernando Schwertner e Rafael Carvalho
Os lofts nasceram em Nova York (EUA) na década de 60, mas continuam atuais e modernos. O Loft do Design, criado pelos arquitetos Fernando Schwertner e Rafael Carvalho, não é diferente. Versátil e contemporâneo, o espaço conta com mobiliário arrojado, que condiz com um estilo de vida cosmopolita — próprio de quem vive em um loft — e faz referência ao premiado designer Zanini de Zanine. Com 30 metros quadrados, o ambiente é dividido em quatro partes: quarto, escritório, sala de estar e cozinha. Tudo isso dentro de uma concepção all in one. A praticidade, que é característica essencial em um loft, fica evidente na utilização de um mesmo móvel para diferentes finalidades, como por exemplo, o roupeiro, que funciona também como cabeceira da cama e estrutura para os móveis da cozinha. Enquanto a paleta dos móveis permanece nos clássicos preto, branco e cinza, as paredes em vermelho sangue conferem o estilo vibrante do loft criado para um designer.


QUARTO DA JOVEM – por Danni Piacentini Zago e Carla Niehues
O Quarto da Jovem, ambiente criado pelas arquitetas Danni Piacentini Zago e Carla Niehues, é essencialmente moderno, maneira encontrada por elas para representar a personalidade da blogueira Yannih Tsushima, que em seu blog fala sobre moda, decoração, viagens e gastronomia. No espaço, que tem os marcantes tons de pink e azul tiffany, foram usados diversos revestimentos, como a madeira e a laca, espelhos e também tecidos de várias texturas e cores diferentes. Um dos grandes destaques do quarto é o papel de parede. Assinado pela artista plástica colombiana, Catalina Estrada é uma composição de flores e pássaros que se comunicam dentro de cores ousadas, mas sem deixar de ser elegante.



CLOSET – por Monica Sanches
O closet do Quarto da Jovem também é uma homenagem a blogueira Yannih Tsushima. Para desenvolver o local ideal para as roupas e sapatos de uma jovem antenada, a designer Monica Sanches optou por usar cores contrastantes em uma linha reta e nada convencional. Já na parede de entrada, um grande adesivo com uma foto de Paris em preto e branco faz alusão à capital mundial da moda. As sapateiras tradicionais, em bandejas, foram abandonadas e no lugar criado um painel em laca alto brilho na cor cinza com um grande nicho central na cor púrpura. Entre as divisórias em madeirado cinza, os sapatos e as bolsas ficam dispostos desordenadamente. No topo desse painel, um maleiro também em cinza e púrpura abriga travesseiros, caixas e malas. Com uma base que deslizada sobre a porta de passagem e desce pela lateral da parede, o móvel cria um grande U, dentro do qual estão as prateleiras para as roupas dobradas. O espaço tem ainda outro maleiro assimétrico para comportar os cabides e espaço para joias. Ao fundo do closet um grande espelho, que além de dar amplitude ao lugar, permite que a blogueira fotografe todos os looks do dia de corpo inteiro.

JARDIM DE INVERNO / ESPAÇO DE CONVIVÊNCIA – por Marcelo Calixto
O Jardim de Inverno criado pelo arquiteto Marcelo Calixto será também o espaço de convivência da 1ª Mostra Romanzza em Curitiba. Para que as pessoas sintam-se à vontade e possam desfrutar do ambiente da melhor maneira possível, foram colocados vários pufes e apenas uma mesa, tudo pensado para promover o bem estar e o conforto. Com farta iluminação e também diversas plantas, o arquiteto pretende fazer com que o espaço de 15 metros quadrados provoque emoções, assim como as obras de seu homenageado — o renomado artista plástico, Edison Viriato. O acabamento fica por conta do mobiliário em MDF na cor Saara, com espelhos em bronze e vidros coffee, cores que inspiram tranquilidade e conforto.

LAVABO – por Janaina Marques e Jennyfer Gotardo
Para as designers Janaina Marques e Jennyfer Gotardo, a diversidade de materiais que a artista plástica Marilene Ropelato utiliza em suas obras foi a principal inspiração para o lavabo. Elas uniram a sofisticação, as texturas e a delicadeza das técnicas da artista na concepção de um espaço clean, aconchegante e requintado. Partindo de uma tabela de cores neutras, com predominância de bege e branco, o espaço tem dois painéis laterais que se prolongam até o teto, criando uma atmosfera moderna e de impacto. A pedra da bancada em compacstone sugere em um único volume detalhes especiais, como a criação de um toalheiro também em pedra, que harmoniza com o restante dos volumes de painéis e espelhos. Mas o grande destaque é a textura de Marilene Ropelato em pó de quartzo com glitter na parede oposta à bancada, que realça as cores do lavabo com seu brilho sutil e refinado.



HOME THEATER e Office – por Gisela Miró
O ambiente criado pela arquiteta Gisela Miró possui tons fortes, é masculino e moderno. E por unir todas essas características, ela decidiu homenagear o designer de joias Rodrigo Alarcón, que cria peças contemporâneas e em sua maioria com pedras. As cores predominantes do espaço são da laca azul com acabamento fosco e do MDF amadeirado, que aparece tanto nas ripas do painel da TV como em uma mesa de trabalho que compõe o ambiente. Para o sofá e as paredes foi escolhida a cor cinza, que além de ser o tom desta estação, transmite um sentimento de calma e inspira o relaxamento, por não ser excessivamente brilhante ou escura. A mesa de trabalho é acompanhada por poltronas amarelas, que dão o contraste de modernidade esperado.

 

LOUNGE – por Fabricio Fontolan
O Lounge vai conectar a porta de entrada da Mostra com todos os outros ambientes. Em uma homenagem ao jovem chef Dudu Sperandio, o objetivo do arquiteto Fabrício Fontolan é fazer uma ponte com a gastronomia não por meio da cozinha, que tem como objetivo saciar a fome, mas como uma ante-sala, que remete a ideia de encontros e espera, onde as pessoas preparam o apetite e, nesse caso, preparam-se para conhecer os demais ambientes. Essa ante-sala faz referência ao espírito do chef que é moderno e arrojado. Essas características de personalidade são retratadas através dos materiais, como o concreto aparente, em contraponto com cores ousadas e objetos de sinalização contemporânea retirados de ambiente urbano.


GALERIA – por Antonella Volpe
Regina Casillo empresária e administradora do Solar do Rosário, complexo cultural ícone do Centro Histórico de Curitiba, é a homenageada da arquiteta Antonella Volpe para criação desse ambiente que é composto por dois espaços integrados:galeria, com estante destinada as obras de arte, e uma pequena área de estar. Para destacar as obras de arte, o mobiliário tem linhas retas e os efeitos de iluminação, feitos por trilhos, são adequados para que o objetivo principal do espaço, expor as obras, seja mantido. Um móbile de cabos de aço funciona ainda como um expositor suspenso. Na área de estar, criada para leitura, os tons pretos amadeirados em contraste com contornos internos em laca cinza brilhante, criam nichos para comportar as mais diversas obras.



WORKSPACE, ATELIER DA ARTISTA – por João Neto e Juliane Dal Castel
Os arquitetos João Neto e Juliane Dal Castel decidiram homenagear a artista plástica Maya Weishof, que tem uma produção artística que transita pelo desenho, pintura e intervenções urbanas, porque relacionam as suas obras de arte aos espaços arquitetônicos criados por eles. O ambiente é todo inspirado em tendências minimalistas e geométricas, que têm roubado a cena quando o assunto é o design de interiores. A mesa utilizada é de uma coleção dos próprios arquitetos e foi redesenhada especialmente para a Mostra Romanzza. O uso de diversas cores inspira a criatividade, e a escolha do padrão de iluminação dá a aparência ideal ao recinto que é voltado para o trabalho da artista homenageada.

ESPAÇO DE ATENDIMENTO – por Liana Albini
O ambiente desenvolvido para o atendimento de todos os clientes e convidados da Romanzza foi criado pela arquiteta Liana Albini. Em um projeto onde predominam as cores Mezzo e Saara, o objetivo é remeter a uma sensação de aconchego e elegância.


ESCRITÓRIO – por Karla Oksana Corrêa
O escritório foi um ambiente criado para que os arquitetos pudessem desenvolver seus projetos. Pensando nisso, a arquiteta Karla Oksana Corrêa utilizou lâminas spezia e líneo, empregando no local um tom de verde concreto, que estimula a criatividade e outro tom suave para trazer a tranquilidade necessária ao ambiente de criação.

Serviço:
1ª Mostra Romanzza Curitiba
Abertura: 21/08/2014, às 19h
Duração total da Mostra: 8 meses
Horário de funcionamento: seg a sexta das 9h às 19h e sábados das 9h às 13h.
Endereço: Rua Visconde de Guarapuava, 4072 - Batel - Curitiba.
Estacionamento no local.
+ romanzza.com.br e facebook.com/romanzzacuritiba

0 comentários: