sexta-feira, 25 de agosto de 2017

PRISCILLA MÜLLER | MOSTRA ARTEFACTO CURITIBA 2017

Deixe um comentário

Um espaço que retrata o estilo cosmopolita e globetrotter de um dos nomes mais influentes da moda mundial é a proposta da arquiteta Priscilla Müller para a edição 2017 da Mostra Artefacto Curitiba. Neste ano, o tema do evento é Decor + Fashion, com a apresentação de projetos que estabeleçam conexões entre as passarelas e o design, e homenagens a estilistas e marcas de moda e luxo. O ambiente de Priscilla, o Voyage Rouge foi inspirado no diretor criativo da Valentino,Pierpaolo Piccioli. O ambiente de Priscilla poderá ser visitado nos 12 meses seguintes da abertura, na loja Artefacto Curitiba, localizada na Rua Comendador Araújo, 672, no Batel.



Em sua décima participação na mostra, Priscilla aposta no estilo moderno para um espaço de, aproximadamente, 85m². O ambiente será um grande e único dinner/living, onde tudo se integra. “Poucos elementos compõem o espaço, que se destaca pelo minimalismo. Nele, a arte se expressa de várias formas”, explica a arquiteta. Entre os highlights do projeto estão os mármores italianos de Carrara e Nero, que combinados formam um mosaico na parede, e o piso em taco de madeira clara, com simetria Chevron (o inconfundível zigue-zague, versátil e cheio de movimento) que sobe continuamente pela parede.

Na parede em mármore, as pedras se transformam em um desenho inspirado nas flagships da Valentino. As paredes brancas terão rodapé invertido, o que confere um ar de galeria de arte para o espaço. No projeto luminotécnico, a incidência de luz acontece de forma pura e simples sem interferências e marcações de superfície“. A ideia é de um grande elemento de luz, que transita pelo ambiente e gerando uma leitura limpa e contemporânea para a iluminação” detalha Priscilla.


Na cartela de cores, o branco e os tons de madeira clara reforçam a linguagem atual do projeto. Acabamentos nobres evidenciam o luxo nos detalhes e transformam o ambiente em um lugar que traz a arte para a convivência diária, de formacool e contemporânea. Todas as obras de arte foram especificadas na SIM Galeria e na Simões de Assis Galeria de Arte, após um criterioso processo de curadoria.

Entre o mobiliário da Artefacto escolhido para o projeto, se destacam o módulo Renzo, utilizado pela arquiteta em uma composição que mistura todas as variações do móvel; a mesa de centro Shade, acompanhada por duas poltronas Sin; e, no espaço do jantar, a Mesa Lake com cadeiras Padded e poltrona Brampton.



O maior desafio do projeto, segundo Priscilla, foi retratar de forma moderna todo o luxo que cerca um grande nome da moda mundial. “O mercado fashion tem capacidade indiscutível em metabolizar tendências e servir como termômetro também para a arquitetura e decoração. Essa edição da Mostra Artefacto, que evoca toda a excelência da haute-couture, só comprova esse argumento”, finaliza a arquiteta.

0 comentários: